Campinense 4 x 0 Sousa

 

A partida tinha tudo para ser interessante. Campinense e Sousa fariam seu quarto encontro em duas semanas, o clube de Campina Grande precisava apenas de um empate para conquistar o caneco que não vinha desde o belo time de 2008 que levou a Raposa à série B do Brasileirão. O Sousa vinha como franco-atirador, mas com um time coeso, estruturado, bem armado e disciplinado taticamente, pronto para realizar um novo Amigazzo (que ocorreu quando venceu o Treze na final de 2009).

 

Taticamente Falando

 

 

O time da casa veio para campo com 3-5-2. Breno e Ben-Hur marcando pelos lados e Padilha na sobra, Madson e Renatinho muito bem ofensivamente como alas. No meio campo Charles Vagner como primeiro volante e Anderson Paulista chegando ao ataque. Na armação um inspirado Adriano Felício na frente Potita aberto e Warley de centroavante, os lados foram a principal arma da Raposa Feroz.  No lado do Dinossauro, a equipe do escudo mais bacana do mundo, jogou com um 4-4-2 Losango, com William fazendo papel vez de volante, vez de meia direita, na defesa a linha de quatro, os zagueiros estavam bem, mas os laterais deram muito espaço facilitando as chegadas pelos lados. No meio campo Jefferson e Ivson marcavam, com William fazendo duas funções. Esquerdinha armando pelo centro e os dois centroavantes abrindo para armar o contra ataque.

 

Primeiro Tempo


Não tardou e o Campinense foi pra cima com tudo, teve boas chances deixando acuado o Sousa, que aparentemente veio com uma postura defensiva para sair no contra-ataque.  O Campinense mandou no jogo os primeiros minutos e deu trabalho à defensiva do Sousa que se esforçava, Madson e Renatinho apareceram muito fazendo das pontas a maior arma do Campinense, Madson foi ajudado por Potita, enquanto Renatinho tomava conta do lado esquerdo. Porém ambos citados não acompanhavam a marcação, e nos contra-ataques o Dinossauro chegou a ter boas chances pegando a defesa no mano a mano, mas com finalizações pífias.

 

Foto: Yan Cavalcanti (Futeblog)


Aos nove Anderson Paulista obrigou Anderson a fazer ótima defesa. Renatinho aos 17 cobrou uma falta por cima. O Sousa chegou a ter chances, mas foram abafada pela defesa ou pelo goleiro Pantera. O jogo ficou mais pegado e aberto com o passar do tempo, a equipe de Campina Grande ainda teve duas boas chances de cabeça e uma furada incrível de Potita na pequena área, quando aos 40 minutos Renatinho recupera uma bola dentro da área e passa para Felício que com tranquilidade apenas desloca o guarda redes sousense e abre o marcador. O Sousa ainda teve uma chance na cobrança de falta de Camilo, a partida foi para o intervalo com 1 a 0 para o Campinense.

 

Segunda Etapa


O Campinense parecia melhor, mas o jogo estava estranho. Suélio Lacerda, treinador do Sousa, tirou o volante Jefferson e colocou o zagueiro Renan, assim acabando do à fragilidade defensiva das pontas, porém, deixou a equipe mais lenta e com dificuldades para passar a bola. A estratégia do Sousa era clara, segurar a marcação e partir para cima com tudo. O Campinense voltou com uma modificação tática que vem se repetindo, Renatinho volta para a lateral e Diego Padilha sai da zaga para ficar como lateral direito, deixando Madson como meia. Com isso a Raposa passou a tocar mais rapidamente às vezes envolvendo o Dinossauro.

 

O Sousa assustou mais com um belo chute de Eduardo Rato para a defesa de Pantera. O Sousa ainda teve duas boas chances de falta, mas o clube sousense estava descalibrado. Aos 20 Esquerdinha chuta forte da entrada da área para uma estranha defesa de Pantera, espalmando para fora da área como se estivesse empurrando alguém.  Nessa altura o Sousa equilibrou as forças e passou a atacar com mais frequência, foi aí que Freitas lançou Sidnei. Sidnei entrou em campo e demonstrou ter muita qualidade técnica, logo depois entrou o ídolo da torcida raposeira Marquinhos Marabá, decisivo outrora agora buscava redenção desde seus problemas de lesão que tem enfrentado. Aos 28 do segundo tempo, Totonho, que havia substituído Madson, recebeu uma boa bola na direita e cruzou na medida para Marquinhos Marabá marcar de peito e fazer o segundo gol do Campinense, repetindo o gesto que fez em 2008 quando marcou o gol do titulo contra o Treze: com as mãos mostrando que acabou o jogo.

Foto: Yan Cavalcanti (Futeblog)

 

E acabou mesmo, desesperado o Sousa foi pra cima com tudo e deixou brecha para mais dois gols, aos 40 numa linda jogada dentro da área quando Sidnei driblou alguns defensores e acerou o ângulo e aos 42 quando o zagueiro Breno cruzou para Warley, mas o defensor do Sousa acabou empurrando para sua própria meta, decretando o título rubro-negro. Vale ressaltar que a arbitragem foi impecável. Mostrou disciplina e tranquilidade, houve alguns lances polêmicos de impedimento, mas nada inaceitável foi um belo espetáculo em todos os sentidos.

 

Pós-Jogo


 (Foto: Silas Batista)

(Foto: Silas Batista)


O Campinense volta a conquistar um titulo depois de subir para série B e voltar para a série D, merecidamente ele leva o caneco de 2012 e fica com muita moral para o Campeonato Brasileiro. A equipe está equilibrado e tem bons jogadores para a disputa do torneio nacional, mas ainda deve se reforçar com atletas de equipes paraibanas que não estão disputando mais nada esse ano. O Campinense é campeão com méritos, mas terá pouco tempo para comemorar, dia 27 começa outra guerra. O mesmo vale para equipe do Dinossauro, que mostrou bom futebol e acima de tudo mostrou profissionalismo, com um bom elenco a equipe deve se reforçar na defesa e no meio campo, mas tem uma boa equipe que pode ir longe no torneio nacional. Agora se tem falar que as duas equipes estão bastante unidas e isso foi primordial para que elas chegassem aonde chegaram, esperamos que isto se mantenha e que seja continuado o bom trabalho da diretoria do Sousa com a construção do CT. Teremos dois bons participantes no Campeonato Brasileiro, esperemos que cheguem longe.


  1. Hi, I do think this is a great site. I stumbledupon it ;) I’m
    going to return yet again since I book-marked it. Money
    and freedom is the best way to change, may you be rich and continue to
    guide others.

  2. Generally I do not read post on blogs, but I would like to say that this write-up very forced me to check out and do so! Your writing taste has been amazed me. Thank you, very great post.

  3. I truly appreciate this post. I’ve been looking all over for this! Thank goodness I found it on Bing. You have made my day! Thank you again!

  4. Excellent items from you, man. I’ve have in mind
    your stuff prior to and you are simply too wonderful.

    I actually like what you’ve bought right here, really like what you’re stating and the way in which during which you are saying it.

    You make it entertaining and you still care for to keep it wise.
    I can’t wait to learn much more from you. This is really a terrific web site.

  5. satta king disse:

    Thank you a lot for sharing this with all folks you actually realize what you are speaking approximately! Bookmarked. Please also visit my website =). We will have a hyperlink change contract between us!

  6. Raul Ault disse:

    It’s hard to come by experienced people for this subject, but you sound like you know what you’re talking about! Thanks

  7. Utterly pent articles , appreciate it for selective information .

  8. cheat codes disse:

    Today, with all the fast life-style that everyone leads, credit cards get this amazing demand throughout the market. Persons throughout every field are using credit card and people who aren’t using the card have arranged to apply for even one. Thanks for expressing your ideas on credit cards.

  9. Hello my loved one! I want to say that this article is amazing, great written and come with almost all vital infos. I¡¦d like to see more posts like this .

Deixe seu Comentário

Guest no horário do Servidor é Thursday, November 14, 2019 02:56:46

Connect with:



Sobre o Autor

Yan Cavalcanti, 22 anos, paraibano apaixonado por futebol desde pequeno. Graduando em Sistemas para Internet pelo IFPB, ex-aluno Marista, Estagiário da Dataprev, Goleiro ofensivo, gamer, e acima de tudo fã de um futebol bem jogado e analista da parte tática, sempre tentando arrumar uma forma de explicar uma partida de futebol.

Sobre o Blog

O Futeblog nasceu da vontade de compartilhar com o mundo minha visão sobre o futebol, espero aqui discutirmos de simples opiniões apaixonadas até questões táticas profundas, conto com ajuda de vocês para que possamos tornar esse blog uma ótima experiência fora das quatro-linhas, do passado ao presente, futeblog está aqui para que nós possamos mostrar como vermos esse esporte que é a maior paixão nacional de todas!

Enquete

Neymar está pronto para guiar a Seleção Brasileira em 2014?

View Results

Loading ... Loading ...