Com a Copa chegando e de olho no apoio da torcida brasileira, a seleção alemã vai usar uma camisa inspirada na camisa do Flamengo no mundial deste ano. Aliás, outras duas seleções da Adidas também vem para o Brasil de vermelho e preto. Na história do mundial, quatro equipes foram obrigadas a jogar com camisas de clubes locais, enquanto apenas uma prestou homenagem mudando o suas cores tradicionais. Aqui vai a listinha das equipes que tiveram a necessidade de mudar sua camisa e a equipe que prestou sua homenagem.

 

*****

Áustria em 1934


Na disputa de terceiro lugar da Copa do Mundo de 1934, a Áustria jogou com a camisa do Napoli contra a Alemanha. As duas equipes não tinham segundos uniformes e foi devido a um “acordo político” que a Áustria era quem deveria usar o uniforme de uma equipe local. No final deu Alemanha por 3 a 2.

 

*****

México em 1950

Em 1950, México enfrentava a Suíça pela última rodada do Grupo 1 da Copa de 50, as duas equipes já haviam sido eliminadas. E como ambas tinham trazido para o Brasil apenas camisas grenás, o jeito foi improvisar. Já antecipando a situação a CBD fez um sorte e foi na moedinha que ficou decido que os mexicanos jogariam com outro uniforme. Para ganhar a simpatia dos torcedores locais, o escrete norte-americano escolheu o Cruzeiro-RS. Na partida equipe mexicana foi derrotada por 2 a 1 no Estádio dos Eucaliptos.

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

*****

Argentina em 1958

Em 1958 a Argentina estreou na Copa com a camisa do Malmo FC da Suécia, mais uma vez contra a Alemanha. O motivo foi que ambas as equipes não tinham segundo uniforme e a seleção alemã era mandante da partida, então coube aos hermanos usarem a camisa emprestada do clube sueco.

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

*****

França em 1978

Copa do Mundo de 1978, partida válida pela última rodada do Grupo 1. França e Hungria já eliminadas apenas cumpriam tabela na única partida apitada por Arnaldo Cezar Coelho naquele mundial. Geralmente as equipes viriam à campo com seu uniforme principal, França de azul e Hungria de vermelho, porém a FIFA orientou a Hungria para usar suas camisas reservas para a transmissão ser melhor para a televisão, enquanto a França deveria ir para campo com as seu uniforme principal.

 

O que ninguém contava é que a França viria com suas camisas brancas como forma de protesto, já que segundo eles a arbitragem foi responsável por seus resultados negativos nas partidas anteriores. Sendo assim, tinhamos em campo duas equipes com camisas semelhantes. Mas Arnaldo falou: “A regra é clara: uniforme igual não pode”, então a França teve de jogar com o uniforme emprestado do Kimberley de Mar del Plata, time semi-amador da terceirona argentina que jogava naquele estádio.

 

A partida acabou 3 a 1 para a França.

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

*****

Costa Rica em 1990

Em 1990 a Costa Rica jogou contra o Brasil usando a camisa em homenagem ao La Libertad, um dos clubes de futebol mais antigos do país. Mas algumas fontes dizem que também serviu para atrair torcedores da Juventus, já que a partida foi realizada no delle Alpi em Turim, porém a equipe costa-riquenha também atuou com as camisas listradas nas oitavas de final em Genoa. A camisa não deu aquela sorte toda, já que a Costa Rica perdeu as duas partidas em que atuou com ela, vencendo as outras duas partidas em que atuou de vermelho.

 

Em 2013, a camisa listrada voltou a ser utilizada e havia a expectativa de que ela seria trazida para a Copa no Brasil para tentar ganhar apoio dos muitos alvinegros espalhados pelo Brasil.

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.


  1. movie online disse:

    This site really has all of the info I needed concerning this subject and didn’t know who to ask.

Deixe seu Comentário

Guest no horário do Servidor é Sunday, December 17, 2017 04:23:02

Connect with:



Sobre o Autor

Yan Cavalcanti, 22 anos, paraibano apaixonado por futebol desde pequeno. Graduando em Sistemas para Internet pelo IFPB, ex-aluno Marista, Estagiário da Dataprev, Goleiro ofensivo, gamer, e acima de tudo fã de um futebol bem jogado e analista da parte tática, sempre tentando arrumar uma forma de explicar uma partida de futebol.

Sobre o Blog

O Futeblog nasceu da vontade de compartilhar com o mundo minha visão sobre o futebol, espero aqui discutirmos de simples opiniões apaixonadas até questões táticas profundas, conto com ajuda de vocês para que possamos tornar esse blog uma ótima experiência fora das quatro-linhas, do passado ao presente, futeblog está aqui para que nós possamos mostrar como vermos esse esporte que é a maior paixão nacional de todas!

Enquete

Neymar está pronto para guiar a Seleção Brasileira em 2014?

View Results

Loading ... Loading ...