Top 7

Hoje em dia nossas equipes dão muito valor à competições internacionais, apenas a classificação para tal pode definir se um ano foi perfeito ou desastroso. Mais desastroso que não conseguir disputar uma competição assim é fazer vexame internacionalmente, e esta lista estão os maiores e mais vergonhosos vexames de clubes brasileiros em partidas internacionais. Aprecie com moderação:

 

7 – ATLÉTICO PARANAENSE (Libertadores 2002)

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

Não é tão anormal ver um Campeão Brasileiro fazer muito feio no outro ano da Libertadores, porém o Atlético Paranaense foi especial. Até o título brasileiro contra o São Caetano já era tratado como eventualidade, a equipe do Paraná disputou a competição sulamericana e conseguiu resultados inacreditáveis, conseguiu ficar em último lugar num grupo que contia América de Cali Flag of Colombia.svg, Olmedo Flag of Ecuador.svg Bolívar Flag of Bolivia.svg. Vencendo apenas um jogo, e tomando a histórica goleada de 5 a 0 para o América de Cali e ainda conseguiu empatar em 5 a 5 um jogo que vencia o Bolívar por 5 a 1. Esse com certeza foi um dos maiores desastres do futebol brasileiro.


6 - VASCO E FLUMINENSE (Libertadores 1985)

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.


Time Pts J V E D GP GC SG
Flag of Argentina.svg Argentinos Juniors 9 6 4 1 1 9 5 4
Flag of Argentina.svg Ferro Carril Oeste 9 6 4 1 1 7 3 4
Flag of Brazil.svg Fluminense 3 6 1(*) 3 2 3 6 -3
Flag of Brazil.svg Vasco da Gama 3 6 0 3 3 6 11 -5

Em 1985, o campeão e o vice brasileiros do ano anterior jogaram a Libertadores e foram eliminados na primeira fase e sem sequer uma vitória, Três empates e três derrotas para cada. Num dos empates entre as duas equipes o Vasco escalou o atleta Gersinho irregularmente o que acabou dando os pontos para o Fluminense, o que não apagou a ridícula e pífia participação destes dois gigantes numa Copa Libertadores que deve ser esquecida para sempre por eles. O Vasco contava com Roberto Dinamite e o Fluminense com Romerito.

 

5 – ROSÁRIO CENTRAL  4 x 0 ATLÉTICO MINEIRO (Copa Conmebol 1995)

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

Era a Final e o Galo chegou a Argentina já com status de Campeão. Havia vencido por 4 a 0 o Rosário Central em casa e iria paraArgentina cumprir tabela e trazer o caneco. Esqueceram de avisar aos Argentinos, numa bela demonstração de apoio a torcida lotou o estádio, aos 22 num lance estranho Da Silva abriu o marcador, aos 38 Carbonari cobra falta de muito longe e Taffarel aceita, um frangaço, e dois minutos depois Cardetti deixava 3 a 0 para o Rosário no primeiro tempo. O Atlético segurou o segundo tempo inteiro, e ainda teve dois jogadores expulsos (Paulo Roberto e seu substituto Dedê) e foi levar o gol de “empate” aos 43 do segundo tempo com Carbonari de cabeça, levando a loucura os torcedores do Rosário. Nos penaltis Doriva e Leandro Tavares desperdiçaram as duas primeiras, e Taffarel defendeu apenas uma cobrança, o goleiro brasileiro ainda anotou um gol de penalti, na ultima Da Silva finalizou a partida deixando uma frustração incrível para os Atléticanos.

 

4 –  BARCELONA Spain 4 x 0 SANTOS (Mundial 2011)

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

Desde que conquistou o título da Libertadores o Peixe passou a se preparar para o Jogo do Ano. Começou com euforia, confiança e com o tempo foi pregando para o respeito contra o rival. Mas a imprensa começou os exageros principalmente comparando Neymar com Messi, ou diminuindo grandes jogadores do Barça como Busquets, Piqué e Abidal. O cumulo foi quando no Sportv um dos comentaristas igualou o goleiro Rafael Victor Valdes e colocou Edu Dracena como sendo melhor que Piqué. Enfim, a confiança estava em alta, e se esperava no mínimo um grande jogo, mas não foi o que aconteceu e o Barcelona simplesmente atropelou o Santos sem dó nem piedade, 4 a 0 fora o baile. (mais informações sobre este jogo)

 


3 – FLAMENGO 0 x 3 AMÉRICA Mexico (Libertadores 2008)

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

Era um dia festivo no Maracaña, Joel Santana se despedia do Flamengo com o título carioca e a vaga para as Quartas de Finais da Libertadores bem próxima e iria para a seleção da África do Sul. Flamengo tinha jogado de forma impecável no México e vencera por 4 a 2, ou seja, poderia perder até por 2 gols de vantagem, e começou bem e jogou melhor durante o primeiro tempo inteiro mas, futebol é futebol. O América vinha de crise, sem vencer no campeonato mexicano e com uma equipe limitada, mas um ótimo goleiro (Ochoa) Cabanãs na frente. Nessa partida o maior problema para rubro-negro carioca foi a saída de Fábio Luciano poupado para entrada de Leonardo, um zagueiro experiente que estrearia pelo clube nesta partida e ele foi determinante para o resultado final. O primeiro gol marcado por Cabañas que chutou 3 vezes para a bola poder ir em direção ao gol, numa trajetória estranha a bola entrou na gaveta. Ainda no primeiro tempo aos 36 uma bola lançada em velocidade qual o zagueiroLeonardo não conseguiu acompanhar Estela desde o meio campo e deixou o jogador sozinho para receber o passe e marcar por cobertura. No segundo tempo o Flamengo entrou em desespero e não conseguiu acertar mais nada, quando aos 33 Cabañas cobrou uma falta de muito longe, a bola desviou em Obina e entrou no canto do Goleiro Bruno 3 a 0 e um novo Maracanazzo.


2 –  TOLIMA Colombia 2 x 0 CORINTHIANS (Libertadores 2011)

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

Mais uma Libertadores para o Corinthians, o Timão perdera o título brasileiro nas últimas rodadas e ainda conseguiu perder a vaga direta para a Libertadores, tinha de jogar contra o colombiano Tolima a fase preliminar do torneio. Todos achavam que não seria problema algum para os paulistas que contavam com Ronaldo Roberto Carlos, além de uma equipe coesa comandada porTite. Mas o absurdo aconteceu, o Tolima venceu sem dificuldades com gols no segundo tempo, o primeiro de Santoya numa bela enfiada de bola, e o segundo para fechar o caixão aos 32 do segundo tempo com Medina de cabeça. A derrota provocou a saída deRoberto Carlos para o Anzhi da Rússia e a aposentadoria precoce (tudo bem, nem tão precoce assim) de Ronaldo.

 

1 – INTERNACIONAL 0 x 2 MAZEMBE Congolese (Mundial de Clubes 2010)

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

O Inter estava com tudo, se preparou em todo campeonato brasileiro contratou e visou o jogo contra o Inter de Milão no mundial de 2010. Estavam totalmente focados na conquista do bi-mundial, mas esqueceram de um detalhe importante, tinham de jogar a semi-final primeiro. O Inter enfrentou o congolenses do Mazembe em ritmo de treino, pareciam querer se poupar para a grande final, que não veio. Em dois gols  com cara de soberba, no primeiro os atletas do Inter desconfiaram da técnica rival e sequer se esforçaram para atrapalhar o atacante Kabangu, que solto dominou e chutou na gaveta do incrédulo Renan. Hora da dancinha irritante do goleiro Kidiaba que saiu quicando. Aos 40 minutos os colorados desesperados para o ataque abrindo espaço, aproveitado por Kaluyituka quer partiu pra cima de Nei, puxou e chutou forte e rasteiro, 2 a 0 e o maior vexame brasileiro da história estava consolidado.

 

****

MENÇÕES HONROSAS (Ou não)

 

BANGU (Libertadores 1986)

Vice-Campeão Brasileiro o Bangu enfrentou um grupo com o Coritiba, Barcelona de Guyaquil Ecuador e Deportivo Quito Ecuador. E não conseguiu nenhuma vitória, apenas dois empates, ficando com lanterninha de um grupo que não era tão difícil.


TALLERES 3 X 0 CSA (Copa Conmebol 1999)

O CSA de Alagoas se classificou para a Copa Conmebol depois da desistência de Vitória e Bahia de disputar a competição, a equipe Alagoana foi vencendo, passou pelo Vila Nova-Go, pelo Estudiantes de Merída Venezuela e foi decidir contra o Talleres da Argentina. Até o final do primeiro jogo vencia por 4 a 1 quando tomou um gol, mas mesmo assim a vantagem era boa e eles foram confiantes para a Argentina. Com 4 minutos de jogo por reclamação bem acintosa Fábio Magrão foi expulso, deixando o CSA com 10. O CSA recuou e o Talleres foi todo pra cima, aos 39 do primeiro tempo Ricardo Silva fez 1 a 0. Na segunda Etapa um penalti infantil do defensor do CSA foi desperdiçado pela equipe Argentina, mas Gingena fez um e nos acréscimos de cabeça Maidana fez o CSA acordar do conto de fadas.


INTERNACIONAL (Libertadores 2007)

O Inter era o atual campeão da Libertadores e considerava-se favorito à taça mais uma vez, pegou um grupo enjoado com Velez Argentina, Nacional Uruguay e Emelec Flag of Ecuador.svg. E acabou sendo eliminado na primeira fase depois de sofrer duas grandes derrotas fora de casa.


FLUMINENSE 3 x 1 LDU* Flag of Ecuador.svg (Libertadores 2008)

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.


O Tricolor Carioca perdia por 4 a 1 no Equador quando Thiago Neves marcou um gol e saiu dentro de campo já falando que poderia ser o gol do título. Mas quem falou mais foi o treinador Renato Gaúcho com suas previsões e frases de efeito como “Vamos Brincar no Brasileiro” ou “Quem for ao Maracaña vai ver muita coisa”.  Então o Fluminense foi jogar com a LDU e começou mal tomando um gol aos 6 minutos, mas conseguiu reverter a situação com 3 gols de Thiago Neves e levou a partida para os penaltis. Na decisão em penalidades Máximas o tricolor perdeu  3 das 4 cobranças e ficou com o vice.

 

LDU Flag of Ecuador.svg 5 x 1 Fluminense  (Sulamericana 2009)

Um ano depois p Fluminense estava em situação dramática no Brasileirão mas conseguiu chegar a final da Sulamericana numa impressionante arrancada, chegou a final e prometeu vingança, a vingança parou no primeiro jogo na humilhante derrota por 5 a 1.

 

CRUZEIRO 0 x 2 ONCE CALDAS  Colombia(Libertadores 2011)

O Cruzeiro era tido como favorito para o título da Libertadores e aplicou goleadas como 5 a 0 em casa e 3 a 0 fora sobre o Estudiantes , 4 a 0 sobre o Guaraní Paraguai e 6 a 1 sobre o Tolima Colombia. O Cruzeiro tinha a melhor campanha da Libertadores e só havia empatado um jogo. Já havia vencido o Once Caldas Colombia fora de casa por 2 a 1, e em poucos minutos de apagão a equipe tomou 2 gols, foi eliminada e se perdeu no resto do ano.

 

O Top 7 é um quadro do Futeblog onde o próprio nome o explica. Escolhemos um tema e selecionamos os melhores vídeos ou fotos sobre ele. O tópico desta edição é “Melhores gols de pênalti”. Sem mais delongas vamos aos vídeos

 

7º – Awana Diab – Emirados Árabes 6 x 2 Líbano

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

Em uma partida amistosa, a seleção dos Emirados Árabes derrotava o Líbano pelo placar de 5 a 2 . Pouco antes do fim, to time que perdia piorou sua situação depois de cometer um pênalti. O encarregado de fechar a goleada foi um dos novos astros do futebol Árabe Awada Diab. O jogador fez a cobrança de uma forma inusitada que lhe rendeu a 7ª posição do nosso Ranking; ele cobrou a penalidade de calcanhar, fechando com chave de ouro a grande atuação dos Emirados Árabes, que venceu por 6 a 2 o Líbano.

Awana Diab acabou morrendo num acidente automobilístico dia 25 de Setembro deste ano aos 21 anos.

 

6º – Joonas Jolinen – Campeonato amador na Finlândia

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

Muitos jogadores presam por seu estilo. Enquanto alguns usam acessórios e outros penteador diferentes, alguns boleiros têm seus movimentos e jogadas como marca. Joonas Jolinen encontrou uma forma bem interessante de exibir seu diferencial. Ele misturou suas habilidades futebolísticas com dons acrobáticos para cobrar um pênalti. Não só marcou o gol, como saiu muito bem na fita, garantindo assim o o 6º lugar.

 

5º – Cobrador desconhecido – Origem Desconhecida

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

Não se sabe muito da história desse vídeo, só que a própria cena já fala muito. Em uma cobrança de pênaltis o batedor fez cálculos milimétricos, analisando a melhor forma de bater o goleiro. Ele então mirou no travessão, provocando a distração do goleiro, que saiu da meta a comemorar o tiro perdido. Mau sabia ele, que o gênio que que chutou a bola havia previsto cada ação do guarda-redes e fez a cobrança daquela forma de propósito. O balão, que havia subido, desceu direto no gol. Infelizmente, o time do nosso sábio dos gramados acabou perdendo, mas ele ganhou a 5º posição de nossa lista.

 

4º – Hisato Sato – Hiroshima x Shimizu

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

Para cobrar um pênalti é preciso pensar em todas as possibilidades de ações para vencer o goleiro. Uma excelente tática é a distração. Em partida válida pelo campeonato japones, o Sanfrecce Hiroshima tinha uma cobrança de penalidade máxima contra o Shimizu. O zagueiro Tomoaki Makino já se preparava para cobrar, ele ajeitou a bola, se concentrou e tomou distância. Para manter a calma, ele virou de costa e pensou em todas como iria bater. O goleiro tentava prever o que Makino estava pensando em fazer, um erro fatal! Quando ninguém esperava, Hisato Sato, jogador do Hiroshima, correu e marcou o gol. Uma estratégia digna dos orientais, que mereceu o 4º lugar do nosso Top 7

(Obs: O jogador que cobra uma penalidade máxima precisa se identificar antes da cobrança acontecer, se outro cobrar em seu lugar a cobrança deve ser anulada)

 

3º – Panenka – Tchecoslováquia(vencedora nos pênaltis) x Alemanha

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

Era a final da Eurocopa de 76. O jogo era Tchecoslováquia contra a Alemanha, em Belgrado, capital da Servia (Iugoslávia na época). A seleção Tcheca, que nunca havia ganhado nenhum título, chegou a fazer 2 a 0. Mas a equipe alemã foi guerreira e chegou ao empate no último minuto. O campeonato ira disputado nas cobranças de pênaltis. É na hora decisiva que o grande jogador aparece. A Alemanha tinha perdido um dos quatro pênaltis cobrados, e a Tchecoslováquia havia convertido todos e iria para sua quinta cobrança. Foi aí que, com muito sangue frio, o gênio Panenka marcou o último gol de uma forma que ninguém havia feito antes: ele usou a famosa cavadinha. Os Tchecos foram campeões, e Panenka ganhou o 3º lugar do nosso Top 7.

 

2º – Ezequiel – Espanha 3 x 0 Itália (Sub-19)

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

Alguns goleiros afirmam que eles escolhem o lado que vai pular na cobrança de pênalti de acordo com a posição do jogador em relação à bola. Caso o cobrador vá muito para o lado, ele vai bater no canto de sua perna boa. Se ele ficar mais para o meio, ele vai bater no lado da sua perna ruim. Mas se parecer que ele vai bater com uma perna e ele bater com outra? Foi a tática genial que Ezequiel, jogado espanhol sub 19, utilizou para deixar sua marca nas redes e no nosso ranking, ficando em 2º lugar.

 

1 º – Johan Cruyff – Ajax 5 x 0 Helmond sport

 

The video cannot be shown at the moment. Please try again later.

 

E nosso grande campeão é um dois maiores gênios do futebol, Johan Cruyff. Talvez você não tenha ouvido falar nele, mas com certeza já ouviu falar na famosa seleção holandesa de 74 apelidada de “Laranja Mecânica”. Digamos que Cruyff era o maquinista da “Laranja Mecânica”. O cara não só jogava em todas as posições, como foi protagonista de várias jogadas maravilhosas. Bem, vamos ao lance vencedor. Se você olhar bem as regras da cobrança de pênalti, vai ver que a cobrança deve ser feita PARA FRENTE e que os jogadores, com exceção do cobrador, não podem invadir a área. Claro, isso é o básico, todo mundo está acostumando com aqueles chutes a gol na penalidade máxima. Só que os gênios pensam diferente. Cruyff achou um detalhe que passaria despercebido; em vez de chutar a gol, ele deu um leve toque na bola. Um companheiro do seu time, que não invadiu, correu então atrás da bola para completar a jogada. Foi um lance tão inesperado que o poder de reação dos adversários foi quase nulo. Pela genialidade de ver possibilidade onde ninguém mais ver, Johan Cruyff é nosso grande campeão do 1º Top 7.

 

 

E então, o que acharam? Sei que alguns de vocês não vão concordar com a lista, que acharam que um dos pênaltis foi mais bem cobrado e importante que o outro, mas cada um tem a sua opinião e eu espero que vocês tenham gostado da minha. Em breve, mais Top 7. Fiquem ligados.



Sobre o Autor

Yan Cavalcanti, 22 anos, paraibano apaixonado por futebol desde pequeno. Graduando em Sistemas para Internet pelo IFPB, ex-aluno Marista, Estagiário da Dataprev, Goleiro ofensivo, gamer, e acima de tudo fã de um futebol bem jogado e analista da parte tática, sempre tentando arrumar uma forma de explicar uma partida de futebol.

Sobre o Blog

O Futeblog nasceu da vontade de compartilhar com o mundo minha visão sobre o futebol, espero aqui discutirmos de simples opiniões apaixonadas até questões táticas profundas, conto com ajuda de vocês para que possamos tornar esse blog uma ótima experiência fora das quatro-linhas, do passado ao presente, futeblog está aqui para que nós possamos mostrar como vermos esse esporte que é a maior paixão nacional de todas!

Enquete

Neymar está pronto para guiar a Seleção Brasileira em 2014?

View Results

Loading ... Loading ...